sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Coxim - MS: União libera R$ 5 mi para recuperação do Taquari

13/11/07 -

O FNMA (Fundo Nacional do Meio Ambiente) liberou R$ 5 milhões para o Cointa (Consórcio Intermunicipal da Bacia do Alto Taquari) prevendo ações de recuperação e conservação da sub-bacia do rio Taquari, entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. O valor será repassado pelo conforme termo de referência lançado na semana passada pelo Ministério do Meio Ambiente e foi comemorado pelo prefeito de Coxim e presidente do Cointa, Moacir Kohl.

Segundo Moacir Kohl, a publicação abre precedente para que sejam apresentadas propostas de projetos, oriundos de instituições públicas das esferas federal, estadual ou municipal, bem como de consórcios intermunicipais. Os projetos selecionados pertencerão a entidades legitimadas por fóruns de ampla participação popular. Cada termo de referência possui chamadas específicas para diferentes projetos, sendo que cada um terá estabelecido à quantidade de recursos a ser aplicado.

Os recursos do Ministério do Meio Ambiente são provenientes de emendas da bancada de parlamentares de Mato Grosso do Sul. Vale destacar, todavia, o empenho do senador Delcídio do Amaral e do deputado federal Antonio Carlos Biffi, ambos do PT/MS, que conseguiram recentemente viabilizar recursos para obras de contenção de erosão na rua Frei Sirino, uma das margens do Rio Taquari.

Em agosto, os dois parlamentares em parceria com a Prefeitura de São Gabriel do Oeste e o Cointa, organizaram um seminário de socialização de experiências desenvolvidas para a recuperação de áreas degradadas nos municípios da região Norte. O eventou contou com a participação de Silvano Costa, diretor de recursos hídricos do Ministério do Meio, do representante da Secretaria de extrativismo e Reflorestamento do Ministério do Meio Ambiente, Paulo Cabral, e da coordenadora do Programa Pantanal, Luciano Zica, da secretaria estratégica da Casa Civil da presidência da República, Solange Ikeda. "Este evento foi decisivo para viabilização dos recursos necessários para colocar implantar ações embrionárias para a recuperação do Taquari", salienta.

Para o prefeito Kohl, a liberação contou com a articulação do Cointa junto à bancada federal de Mato Grosso do Sul. Ele lembra que quando assumiu a presidência do Cointa, em agosto deste ano, tinha duas missões: a primeira era reestruturar e, consequentemente, legalizar a entidade, através da negociação das dívidas das prefeituras junto ao consórcio intermunicipal. Em seguida, atuar fortemente em Brasília (DF) para viabilizar recursos para a recuperação e conservação da sub-bacia do rio Taquari.

"Em agosto realizamos uma reunião em São Gabriel do Oeste para tratar desses assuntos e obtivemos êxito", destacou Moacir Kohl. Dali em diante, ainda de acordo com o prefeito, ele procurou o senador Delcídio do Amaral e o deputado federal Antônio Carlos Biffi, ambos do PT/MS, para que intercedessem junto ao governo Federal. Menos de três meses depois de empossado, Kohl já colhe os frutos do trabalho realizado à frente do Cointa. "São R$ 5 milhões jamais destinados ao rio Taquari em toda história", enfatizou o prefeito.

O próximo passo, segundo Moacir Kohl, será dado nesta sexta-feira (9), quando membros do Cointa se reúnem em Coxim para discutir projetos a ser apresentados para a recuperação e conservação da sub-bacia do rio Taquari.

Fonte: MS Notícias

http://www.portalbonito.com.br/cultura/noticias_ler.asp?id=11951

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

<< Página inicial